Sobre a Blogosfera

Pensando no texto anterior, inspirada em relatos e conversas com amigos blogueiros, tive que concordar com um deles quando disse que talvez seja melhor escrever anonimamente. Já pensei nisso também. Para falar a verdade, eu até tentei, anos atrás. Sem sucesso… um, dois, três textos e eu abandonei o blog. A gente pensa que escrevendo sem assinar, fica mais à vontade para falar, pode até ser, mas acho que anonimamente ou não, sempre vai ter um público para criar uma imagem sobre nós. Não tenho absolutamente nada contra blogueiros anônimos, pelo contrário, sou frequentadora assídua – e super fã – de vários blogs desse gênero. E acho sinceramente que essa seja a melhor solução para sobreviver à exposição na blogosfera.

Para quem opta por ter sua identidade declarada, o jeito é botar a cara no mundo, e estar preparado para, de vez em quando, levar uns “tapinhas” daqueles que visitam a sua página exclusivamente com esse intuito, afinal, o seu blog é um prato cheio para aqueles que não se simpatizam muito com a sua pessoa, esteja você falando que adora a Gretchen ou que odeia o Obama, não importa, o foco é você. Mas isso não é regra, é exceção. A maioria entra na sua página de fininho, dá aquela espiadinha básica e já se dá por satisfeito por saber notícias suas, e esse ato pode ser tão inofensivo quanto nocivo.

E desde que você não use a sua página como um diário-público-pessoal (hã? confuso isso, heim?), relatando com detalhes do que você faz no banheiro todos os dias ou o que fez na cama com a sua namorada na noite passada (se bem que isso pode ser até excitante, mas, para isso, existem milhares de blogs eróticos – e dos bons – por aí.) você não precisa se privar de ser você mesmo e de falar do que sente vontade, afinal, o blog é seu, e entra nele quem quer e porque quer.

Por isso, blogueiros queridos, aqui pode tudo, menos ficarmos desconfortáveis em nossos próprios blogs. É o mesmo que morar sozinho e não se sentir à vontade de andar pelado em casa. Apesar da blogosfera, às vezes, demonstrar ser um lugar hostil, a maior parte do tempo é um mundo fantástico, do qual eu adoro fazer parte e que me permite estar em contato com mentes brilhantes. Tá certo que tem muita porcaria por aí, mas tem muuuuito conteúdo bom também.

E falando em blog, essa semana eu tive várias surpresas agradáveis que me fizeram ficar sorrindo de orelha a orelha. A primeira aconteceu enquanto eu me deliciava com o texto A Idade da Palavra ou a Palavra da Idade, no Blog Borboletário, e encontrei no fim do texto uma indicação para a minha Janelinha… que honra!

E, com o texto que escrevi anteriormente, sobre despir-se, acabei despertando a vontade do amigo blogueiro Cristiano, do Blog Café com os Amigos, a despir-se em palavras também. Ainda tive a felicidade de ganhar o Prêmio Lemniscata, do Blog Espanta Espíritos, da querida Cristina, o que me deixou muito contente, especialmente por se tratar de um blog tão encantador.

Prêmio Lemniscata

Este selo foi criado a pensar nos blogs que demonstram talento, seja nas artes, nas letras, nas ciências, na poesia ou em qualquer outra área e que, com isso, enriquecem a blogosfera e a vida dos leitores.

1 – O premiado deverá expor o selo no seu blog e atribuí-lo a 7 outros blogs que considere merecedores. E os meus escolhidos são:
Sobre as Coisas – por ser um blog simples, porém rico, que aborda temas cotidianos que nos fazem parar para pensar na vida, ainda que a sua autora desconheça esse feito.
Caneta Digital – por se tratar de uma blogueira novata que se revelou uma escritora sensível e talentosíssima.
Eu e Meu Ego Grande – adoro essencialmente tudo o que o Léo escreve. É de uma espontaneidade sem igual. Ele e o seu ego grande são escritores natos.
Incompletudes – por ser de uma liberdade inspiradora. A K. se reinventa constantemente e nos permite acompanhar todas as suas transformações e sensações, e nos deliciarmos com elas.
Ordem no Caos – andei colocando placas de “procura-se” por toda a blogosfera atrás do autor deste blog que, apesar de sumido, quando resolve escrever não faz nada menos do que arrasar, de maneira construtiva e inteligente.
Senhorita Rosa – irreverentes e divertidos, os dilemas da Senhorita Rosa garantem uma leitura pra lá de animada, considerando o seu jeito único e fantástico de se expressar.
Drops da Fal – é um dorps para ser provado em fragmentos, e todos os seus fragmentos são deliciosos, também pudera, a dona do Drops é uma das melhores escritoras da atualidade, na minha opinião.
2 – O premiado deverá responder à seguinte pergunta: O que significa para si ser um Homo Sapiens?
Resposta: Bom, na íntegra, Homo Sapiens é homem sábio. Mas eu tenho duvidado, tenho duvidado muuuuuuito.
Roberta Simoni
Anúncios

6 comentários sobre “Sobre a Blogosfera

  1. Primeiramente parabéns pelo prêmio, você merece. Sempre detonando nos textos.

    E é isso aí…complicado esse lance de anonimato x versus prazer em se despir, hehehe.

    Minha decisão foi a de continuar como está, meu blog continua lá, patinho feio, para quem quiser mergulhar nas minhas neuras. Continua firme sendo minha terapia, e não faria sentido terapia anônima.

    Privacidade para quem gosta assim, e respeito à nós, que botamos a cara à tapa!

    Bjos!

    Curtir

  2. Como sempre, Roberta, concordo com vc. Sou novata na blogosfera, to aprendendo ainda a moderar as coisas, nem muito pra lá, nem mto pra cá…sinto que ainda estou procurando minha medida, mas mesmo assim, o que posto, posto segura, na maioria das vezes, escrevo meio que “de um pau só”, como dizem, sem muito tempo pra elaborar, mas to curtindo, é meio que uma terapia e tem me feito muito bem…sigo em frente, um dia me encontro meu pouso certo no mundo virtual, só sei que adoro estar por aqui…

    bjs

    Curtir

  3. aiiiii guria
    assim tu me deixa sem graça!

    obrigada pela honra, é um incentivo para voltar um pouco ao blog, que anda um pouco abandonado, até porque as vezes queria escrever coisas que “não ficariam bem”, que já fizeram eu ter vontade de ter um blog anônimo, para poder mesmo desabafar e “sentar lenha” no que me chateia as vezes.

    de qualquer modo obrigadão
    e um super beiJU

    Curtir

  4. Minha flor…
    Só hoje tive tempo de vir aqui conferir seu post onde cita meu borboletário. Pode ter certeza de que você e, claro, seu blog merecem cada indicação e selos recebidos.
    Já escondi minha identidade há algum tempo atrás e, ainda assim, era vitima de invasões e recados mal criados…é inevitável, né? Sem contar com os ‘blogueiros’ que simplesmente copiam e se apropriam descaradamente dos seus textos.

    Mas vale a pena…poucas coisas são mais gostosas que escrever.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s