Boneca que anda, fala e xinga

6801840754_fd2f7f529d_o-e1384489196588

Uma dúvida universal: o que leva os homens a acharem que podem seguir uma mulher na rua e falar um monte de sacanagens pra ela?

Estava à caminho do trabalho quando um sujeito dentro de um carro começou a me seguir e me chamar de gostosa e outras palavras chulas, acompanhadas de gestos também chulos. Eu, na tentativa de ignorá-lo, atravessei a rua. Ele, não satisfeito, se deslocou para o lado da calçada que eu estava e continuou com os impropérios.

Eu apertei o passo e ele seguiu com as provocações porque quanto mais eu fugia, mais ele parecia gostar da brincadeira. Depois de falar o que queria fazer e deixar de fazer comigo na cama, ele completou dizendo que eu era linda e que parecia uma bonequinha que anda.

Finalmente parei de andar, virei na direção dele e respondi: “Olha só, a bonequinha também fala! Por que você não vai tomar no seu (a partir daqui vou substituir os palavrões porque vocês não são obrigados) orifício anal, seu filho de uma meretriz?” Falei tudo isso, é claro, num tom de voz compatível com a minha indignação e, para dar ênfase à minha educada frase, me pus a mostrar meu dedo do meio pra ele.

Ele, que deve estar acostumado a fazer isso diariamente com várias mulheres que, assim como eu, ficam constrangidas e inicialmente sem saber como agir, diante daquela nova reação, me olhou assustado, acelerou o carro e sumiu do meu campo de visão. E eu fiquei ali, com aquele dedo em riste, cuspindo palavrões.

Quando dei por mim, estava fazendo tudo isso bem na entrada do jornal onde trabalho e que, para a minha infelicidade, estava repleto de funcionários na portaria, que me olhavam confusos, tentando entender meu comportamento, enquanto eu os desejava um bom dia sorridente, como de costume.

Pois vejam só, a bonequinha sempre tão educada está xingando e mostrando o dedo feio para o moço, porque ela não é, nem de longe:

1 – obrigada

2 – objeto sexual

3 – uma lady

4 – uma boneca (tampouco inflável)

Homens, apenas PAREM.

Roberta Simoni

Anúncios

11 comentários sobre “Boneca que anda, fala e xinga

  1. Minha querida amiga. Você, como sempre, feliz nas palavras. Acho eu que o sujeito que possui esse tipo de atitude, o faz porque não possui a capacidade elogiar uma bela mulher. Só lamento que o ocorrido tenha sido justamente em frente ao local de trabalho. Ninguém merece. Beijo no seu coração.

    Curtir

  2. É um tarado ambulante Beta. Um revolver de brinquedo cairia bem neste momento, para ele se “cagar” de medo. Nem tão de brinquedo, aqueles revolver com balas de festim, que só saberia que seria de festim depois de muitas ameaças, Sorry, meu lado maria-bonita-lampia fala mais alto nestes momentos, isto não é homem, é um incapaz, como ja falou tu amiga acima, de elogiar uma mulher, pois por certo, ele não gosta de mulher, deve gostar de animais. Se nestes momentos eu estou com uma amiga, junto com ela a gente pega um safado deste de pau…e depois corre é claro.rsrs . Quanto mais se fala sobre isto – desrespeito e taração verbal – mais tem uns ousados que estão se mostrando , mas não representa os verdadeiros homens. MUDOU A JANELA….

    Curtir

  3. Beta, em primeiro lugar, parabéns pela sua coragem!! Eu sou mais cagona e acho que teria saído correndo que nem louca (e berrando)!! Tenho pavor de carro andando lentamente ao meu lado, na mesma direção, mesmo que não esteja exatamente me stalkeando. Mesmo que estivesse andando pela rua, buscando encontrar um endereço que fosse, a pessoa no carro veria uma louca sair em disparada! A não ser que eu adote a ideia da Mary e comece a andar por aí com uma arma de brinquedo (pq eu tb tenho um lado Lampiã – quase nada Maria Bonita!)…
    Mas enfim, esse seu relato me lembrou uma experiência vivida em Joanesburgo por mim e minhas colegas, companheiras de congresso. Lá, nós mulheres, somos LADIES aos olhos dos engraçadinhos. Isso mesmo! Raramente mexem contigo na rua, e quando sim, mandam um – Heeey, ladies… (com um sorrisinho maroto no rosto, claro.). Veja que discrepância! Independente da má intenção por trás (e dos possíveis conteúdos impróprios nos pensamentos), soa muito mais suave aos ouvidos, não?! Após duas semanas pelas terras sulafricanas, eu não queria mais ser “gostosa”, “potranca”, “tesuda”, “ordinária”, “safada” ou tipo isso. Quase não embarquei de volta só pra continuar sendo uma lady.

    Bjocas sua linda! ;*

    Curtir

  4. Desagradável. Fez muito bem em responder, reagir. As vezes nos sentimos tão acuadas, sem reação, paralisadas. Talvez por não acreditar que pessoas sejam capazes de tamanhas atitudes. Não devemos nos calar. Não devemos aceitar esse tipo de violência.
    Beijos

    Curtir

  5. Fico puto! Ao ponto de odiar de alegria. Como assim? É maravilhoso. Super simples… e genial. Como é a genialidade simples. Viciei. Algo como… Ah! Escreva sobre… eu leio pelo prazer. Apenas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s