Rotina

olhosvendados

No começo você reclama de ter que acordar tão cedo, depois se acostuma tanto que, quando pode acordar tarde, não consegue. Se acostuma a fazer o mesmo caminho todos os dias, passa pelas mesmas ruas e vê as mesmas pessoas, um dia você resolve mudar a rota, e aí, se perde. Acostuma o seu organismo com o mesmo tipo de tempero e quando prova outros sabores, ele rejeita. Adapta seu corpo ao calor, e ele não resiste ao frio, e vice-versa.

Dorme todos os dias ao lado da mesma pessoa, e já não adora tanto o corpo dela, nem o cheiro. Faz sexo com ela há tantos anos que já nem lembra que um dia achou aquele o melhor sexo do mundo. Já não se encanta com o sorriso dela, nem com a boca. Não acha mais tão fantástico ter alguém para dividir a vida, porque a rotina já fez você esquecer de como se sentia triste sozinho.

… Ela traiu todos os homens com quem se relacionou, mas sempre se defendeu com inúmeras justificativas, até que… encontra aquele cara, aquele que tem tudo que ela sempre procurou nos outros, e se sente completa pela primeira vez. Mesmo assim não consegue deixar de sair com outros homens, e então, ela descobre que trai por rotina.

De repente, ele conhece aquela que parece ser a mulher de sua vida, mas já se adaptou a viver sozinho e não permite que ninguém mais entre em sua vida, tampouco que ocupe algum espaço nela. A rotina de uma vida solitária o fez perder uma companheira em potencial.

Durante toda a vida só passaram homens pela vida dela que a fizeram sofrer, até que ela conhece um bom homem, que a faz sentir amada e valorizada, e então, ela decide terminar com ele. Nesse momento ela descobre que se acostumou a ser a vítima, e que não sabe viver o outro lado da relação.

Na maioria das vezes, nós crescemos rodeados da família, nos acostumamos a ter um pai, uma mãe, irmãos, avós e parentes em geral. Mas enfrentamos tantos problemas e conflitos da rotina do dia-a-dia com eles que, frequentemente, precisamos ser lembrados do quão são preciosas aquelas pessoas.

A rotina usa venda nos olhos, ela não precisa enxergar, faz tudo mecânica e automaticamente. É metódica, antiquada e controladora. Nada que aconteça fora do planejado a agrada. Ela gosta da repetição e da mesmice. Tudo sempre do mesmo jeito, da mesma forma, na mesma hora, no mesmo lugar, com o mesmo sabor.

Por mais que a rotina seja chata, é difícil se livrar dela. Às vezes, ela pode ser até necessária, mas quase sempre é inoportuna. Ela se impõe, gosta de ludibriar e consegue como ninguém ocultar a beleza das coisas.

Por isso, muito cuidado: a rotina consegue vendar seus olhos sem que você perceba. Quando você se dá conta, já está parcial ou completamente cego.

Roberta Simoni

Anúncios

5 comentários sobre “Rotina

  1. A rotina é perigosa quando nos acostumamos com ela. Porque toda rotina é só uma ilusão, uma ilusão de controle que não temos, uma situação passageira que logo muda. E se a gente não muda a rotina, então é que, com o perdão da palavra, dá merd@.

    Curtir

  2. Em alguns momentos a rotina é inevitável, acho que até em muitos momentos, o que muda é nosso estado de espírito, nossa forma de encarar isso.Em alguns dias acordar tarde é ótimo, dormir cedo é péssimo, outros dias NÃO.É momento…
    Se as coisas são maiores que isso, o problema definitivamente NÃO ESTÁ NA ROTINA.

    Curtir

  3. Já não se encanta com o sorriso dela, nem com a boca…

    Seria inevitável a rotina? Talvez. Mas o importante é saber indentifica-la.

    Lindo o texto. Apaixonantemente Real!

    Abraços.

    Curtir

  4. Já não se encanta com o sorriso dela, nem com a boca…

    Seria inevitável a rotina? Talvez. Mas o importante é saber identifica-la.

    Lindo texto. Apaixonantemente Real!

    Abraços.

    Curtir

  5. Em inglês existe uma expressão que tem muito a ver com esse post: “take someone for granted”, acho que o português não tem nada tão preciso, seria dizer mais ou menos o seguinte: tem pessoas na que fazem tanta parte de nós e de nossa vida, estamos tão seguras de que elas sempre estarão lá, que simplesmente não nos damos conta de toda a importância e valor que elas tem, então damos a impressão de descaso , talvez. Apenas quando e se perdemos uma pessoa que nós “take for granted” é que nos damos conta do quanto ela é importante e essencial em nossa vida…acho que assim é a rotina que você descreve tão perfeitamente, ela venda nossos olhos pra tudo o que é básico e essencial para nós( leio ‘básico’ aqui como formador de nossa base e ‘essencial’ como literalmente parte de nossa essência)…nossa, acho que me empolguei! Sorry, Beta, mas seus textos são tuuuuudo de bom!!!

    beijocassssss

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s